Câmara retoma trabalhos legislativos discutindo melhorias para o município

Os vereadores de Camaçari retomaram as atividades em plenário na manhã desta terça-feira (09/08), com a realização da 1ª Sessão Ordinária do segundo período legislativo de 2022, que contou com grande presença de público e colocou em pauta matérias importantes para o município.

Um dos destaques foi a Indicação No 326/2022, apresentada pelo vereador Val Estilos (Republicanos), que solicitou ao Poder Executivo a aquisição de um aparelho de Raio-X para o pronto atendimento Dr. Artur Sampaio, localizado em Vila de Abrantes. Segundo o parlamentar, muitas vezes a necessidade do exame é uma urgência e a unidade não oferece essa opção e comodidade para os pacientes.

“Precisamos facilitar e agilizar o atendimento dos pacientes que chegam vítimas de traumas necessitando de um simples exame de raio-x que facilitaria o tratamento e o atendimento posterior. Aproveito para estender o pedido para o PA de Monte Gordo também e para outras unidades de pronto atendimento”, reforçou o vereador.

Outros vereadores utilizaram a tribuna para defender também a matéria, dentre eles os vereadores Tagner (PT), que lembrou que é preciso buscar um outro local para a unidade, pois a localização já não está atendendo as demandas da comunidade. O vereador Vaninho da Rádio (União) também manifestou apoio à indicação e informou que já há previsão de uma reforma geral no PA de Monte Gordo, com a inclusão do serviço de raio-x. Também defenderam a proposição a vereadora Professora Angélica (PP) e Dr. Samuka (Cidadania).

Outra matéria aprovada na sessão foi a Indicação No 350/2022, que pede ao Poder Executivo o retorno do Programa Ser Aprendiz- Adolescente Aprendiz, que viabiliza a oferta de oportunidades para jovens do município. A matéria é de autoria do vereador Tagner (PT), que destacou que a vulnerabilidade social afeta a vida do jovem, causando conflitos sociais e existenciais por parte daqueles que, muitas vezes, são obrigados a abandonar o estudo para buscar formas de se sustentar.

“Esse movimento cria diversas dificuldades na qualificação pessoal e profissional, criando um ciclo de desequilíbrio social. O programa é uma política pública voltada à concessão de auxílio financeiro aos jovens adolescentes, sobretudo, estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica matriculados em instituições públicas ou privadas através de programas de ensino que contribuem para a permanência e a diplomação dos beneficiados”, argumentou o parlamentar em sua justificativa.

tv CÂMARA


24.11 | 12ª Sessão Ordinária do 2º Período Legislativos – 24 de Novembro 2022
Assista também a TV Câmara ao vivo pelo celular através do YouTube