Ir para o conteúdo Ir para a navegação principal Pular para o rodapé

Grupo formado por movimentos sociais de Camaçari entrega Carta Aberta ao presidente Flávio Matos

Um grupo formado por representantes de movimentos sociais de Camaçari foi recebido, nesta sexta-feira (22), pelo presidente da Câmara,Flávio Matos (União Brasil), para formalizar a entrega de uma Carta Aberta que repudia o posicionamento do Ouvidor Municipal, o apóstolo Maurício Santa Fé, divulgado em sua rede social pessoal com conteúdo que vai de encontro ao pensamento da Casa e de todos os vereadores que formam o quadro do Legislativo.

De maneira democrática, o grupo teve a oportunidade de expressar abertamente o incômodo com a postagem, que criticava um pronunciamento feito pelo papa Francisco sobre o casamento homoafetivo e a união de pessoas que não são casadas no civil e religioso.

A carta foi lida por Rose Braga, que destacou os direitos e garantias fundamentais dos cidadãos brasileiros e a liberdade religiosa que torna o Brasil um Estado laico. “Não podemos aceitar esse tipo de ataque, ainda mais em repartições públicas”, disse Rose.

O presidente reconheceu a legitimidade do movimento e considerou importante a entrega da Carta Aberta. “Esta Casa é e sempre será do povo, e a Câmara representa toda a sociedade, independente de cor, raça ou religião. As pessoas são livres e não vamos tolerar que esse tipo de discurso manche a imagem de uma instituição séria, que representa o povo e tem como principal papel cuidar de gente, assegurando os principais direitos e garantias tipificados em nossa Constituição”, declarou Flávio.