Ir para o conteúdo Ir para a navegação principal Pular para o rodapé

Ministração da Palavra de Deus e muitos louvores marcaram a Sessão Especial “500 Anos da Reforma Protestante”

 

O Teatro Cidade do Saber ficou pequeno, na noite desta terça-feira (31), na Sessão Especial em Homenagem aos 500 Anos da Reforma Protestante. O evento mais parecia um culto evangélico, com muito louvor, adoração e, como não poderia faltar, a Palavra de Deus. Centenas de fiéis, amigos, autoridades políticas e eclesiásticas participaram da sessão, que foi proposta pelo vereador Oziel (PSDB), presidente da Câmara Municipal de Camaçari, e subscrita pelos vereadores que compõem a Bancada Evangélica da Casa, Pr. Neilton (PSB), Bispo Jair (PRB), Júnior Borges (DEM) e Sessé Abreu (PSDB).

“Esta sessão é uma conquista do segmento evangélico, dos protestantes do nosso município. Um momento histórico que nunca poderia passar em branco. A partir da Reforma Protestante, todas as pessoas passaram a ter o pleno conhecimento da salvação através da pregação da Palavra de Deus”, justificou o vereador Oziel.

O pastor Alexandre Coelho, escritor, licenciado em Letras e Teologia, pós-graduando em Teologia do Novo Testamento, bacharel em Direito, pastor na Assembleia de Deus em Bonsucesso/RJ e gerente de publicações da Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD), foi o primeiro palestrante da sessão.“Há 500 anos, Deus interveio na história através de Martinho Lutero, ocasionando uma mudança na estrutura do cristianismo de tal maneira que o mundo ocidental foi redesenhado através de ocorrências que vieram através da Reforma Protestante”, iniciou o pastor. Na ocasião, ele comentou sobre o preço pago por muitos revolucionários que, discordando dos conceitos da Igreja Católica da época, confrontaram a instituição religiosa. Ele salientou também a importância da Bíblia Sagrada para o segmento protestante. “Nada substitui a Palavra de Deus, quando a lemos e a estudamos, constatamos que ela não mente”, enfatizou.

O pastor Edvaldo Filho, presidente da Assembleia de Deus em Barra do Jacuípe, foi o segundo palestrante. Ele reforçou a relevância da Reforma para o mundo. “Ela trouxe vários benefícios para a humanidade, entre elas a liberdade de expressão. Lutero teve a coragem de dizer que todos tinham o direito de falar aquilo em que acreditavam”, comentou.

O deputado estadual Samuel Júnior (PSC) também fez questão de prestigiar o evento. Ele citou uma das frases de Lutero. “A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço”. E completou: “Que esta verdade nunca se afaste de nós”.

O pastor Alex Santana, presidente do Conselho Político das Assembleia de Deus, disse que a sessão estava sendo um momento para relembrar a persistência e o sentimento de inconformidade de um homem. “Acho que este mesmo sentimento deve estar pautado nos corações de todas as pessoas quando alguma coisa não está indo bem. E era isso que incomodava Lutero ao observar que alguma coisa que ele construiu com a sua vocação não estava correta”, comentou. Na ocasião, o pastor fez uma oração, abençoando a população de Camaçari e os poderes que a representam.

A sessão contou, ainda, com a participação da cantora Nilma Carvalho, da Assembleia de Deus de Camaçari, que interpretou a canção “Castelo Forte”, um dos mais importantes hinos da história do cristianismo, composto por Martinho Lutero. A cantora gospel Gisele Nascimento também se apresentou, interpretando belíssimas músicas do segmento evangélico.

Também se fizeram presentes o prefeito Antonio Elinaldo; o vice-prefeito Tude; o pastor vice-presidente das Assembleias de Deus em Camaçari, Cícero da Graça; o apóstolo Antonio Lima, do Ministério Betel; o pastor Fernando Santana, da Comunidade Evangélica Águas do Trono (Ceat) e o pastor Paulo Passos, presidente do Conselho de Ministros Evangélicos de Camaçari (Comec).