Presidência

Perfil do Presidente

JÚNIOR BORGES – UNIÃO BRASIL

 

Nome: Ednaldo Gomes Júnior Borges

Data de Nascimento: 11/10/1969

Naturalidade: Paulo Afonso (BA)

Estado Civil: Casado

Ocupação: Vereador

Escolaridade: Ensino Superior Incompleto

Filiação: União Brasil (UNIÃO)

 

A vida política de Júnior Borges começou cedo, ainda nos tempos de escola. Aos 14 anos, começou sua trajetória política em movimentos estudantis. Em pouco tempo, o seu gosto floresceu e com sua competência conquistou os colegas de escola onde estudava, no Helena Celestino de Magalhães, onde deu início à fundação do primeiro Grêmio Estudantil, conquista lembrada com orgulho por ele.

Ednaldo Gomes Júnior Borges, apelidado carinhosamente de Júnior Borges, é filho de Dona Selma, nasceu na pequena cidade de Paulo Afonso – interior baiano – no dia 11 de outubro de 1969. Formou-se em Química, a nível técnico, no Colégio Estadual José de Freitas Mascarenhas, em Camaçari, cidade da Região Metropolitana de Salvador, no ano de 1997.

Antes de ingressar efetivamente na vida pública como vereador, Júnior Borges já lutava por melhorias para a população. Fiel defensor dos estudantes e do direito ao ensino de qualidade, Júnior Borges foi secretário da União Nacional dos Estudantes no Estado da Bahia (UNE) e precursor na criação de uma instituição que objetiva a busca de políticas públicas para a comunidade discente, a Associação Metropolitana dos Estudantes Secundaristas e Universitários do Estado da Bahia (AMES), criada em 1996. À frente da UNE, Júnior trouxe para Camaçari conquistas, como a meia-passagem para estudantes, a Meia Passagem, a Bolsa Universitária e o Transporte Universitário. Foi também através da instituição que 21 mil jovens foram capacitados.

Eleito vereador pela primeira vez, pelo Democratas, em 7 de outubro de 2012, com 1.387 votos, Júnior Borges teve o mandato mais atuante na Câmara, realizando diversos projetos de lei e indicações. Já em 2016, o edil conseguiu 2.168 votos, conquistando, mais uma vez, uma cadeira no Legislativo e se tornando, mais tarde Secretário de Habitação, entre janeiro de 2018 e março de 2020, tendo se destacado com a criação de importantes programas de habitação de interesse social: CASA MELHOR, PAPEL PASSADO e ESCRITÓRIO PÚBLICO.

 

Reeleito pela terceira vez consecutiva, em 2020, com 1.967 votos, Júnior Borges segue para mais um mandato de vereador em Camaçari (BA) em 2021, pelo Democratas (DEM).

Hoje, Júnior Borges divide a sua vida entre o mandato político e a sua família. Motivo de orgulho da vida. Ele é casado há 19 anos com Lenilda Borges, com quem tem um casal de filhos: Leonardo e Laura Borges.

Parte de sua vida também é dedicada a Deus, seu principal inspirador e fonte de forças para as batalhas diárias. Júnior é batizado na Igreja Adventista do Sétimo Dia, sendo um fiel seguidor dos ensinamentos da Bíblia Sagrada, considerado por ele o livro mais extraordinário da história da humanidade. Sua orientação religiosa é mais um motivo da sua boa formação como cidadão consciente e respeitador.

 

Endereço: Endereço: Câmara Municipal de Camaçari, Rua Contorno do Centro Cultural– Centro Administrativo, Camaçari – BA, 42800-500.

 

Contatos:

Gabinete da Presidência 

E-mail: presidencia@cmcamacari.ba.gov.br

Telefone: (71) 3621-6170/ 3621-6101/6102

 

Gabinete 21

E-mail: vereadorjuniorborges@gmail.com | ascomjuniorborges@gmail.com

Telefone: (71) 3621-6163/ 3621-616

 

Acesse:

Site

Facebook

Instagram

Twitter

Flickr

YouTube

 

Competências da Presidência

O presidente é o representante da Câmara quando ela se pronuncia coletivamente e o supervisor dos seus trabalhos e da sua ordem, nos termos do Regimento Interno. São atribuições do presidente:

I. Representar a Câmara Municipal, inclusive em juízo;

II. Zelar pelas prerrogativas parlamentares, pela independência do Poder Legislativo e pelo nome da Câmara;

III. Dirigir, executar e disciplinar os trabalhos legislativos e administrativos da Câmara;

IV. Baixar Decretos, Portarias, Resoluções e demais Atos Administrativos necessários ao bom andamento da gestão administrativa da Câmara;

V. Exercer os atos de provimento funcional, incluindo os de nomeação, de exoneração, de demissão e de aposentadoria;

VI. Autorizar a instauração de processo administrativo disciplinar e aplicar as sanções cabíveis;

VII. Interpretar, cumprir e fazer cumprir o Regimento Interno;

VIII. Promulgar as leis, na hipótese de sanção tácita ou rejeição do veto, bem como as resoluções e decretos legislativos;

IX. Declarar a extinção do mandato de Prefeito, de Vice-Prefeito e de Vereadores, nos casos previstos em Lei;

X. Exercer gestão orçamentária, requisitando os numerários;

XI. Designar comissões de representação;

XII. Executar as deliberações do Plenário;

XIII. Assinar as atas das sessões, editais, resoluções administrativas e demais expedientes da sua competência;

XIV. Presidir a sessão de eleição da Mesa Diretora do período legislativo seguinte e dar posse aos eleitos;

XV. Autorizar qualquer Vereador a falar sentado;

XVI. Suspender a sessão quando necessário;

XVII. Nomear Comissão Especial;

XVIII. Convocar as sessões da Câmara;

XIX. Desempatar as votações, quando simbólicas ou nominais, contando-se a sua presença, em qualquer caso, para efeito de “quorum”;

XX. Aplicar censura verbal a qualquer Vereador;

XXI. Interromper o orador que se desviar de questão previamente estabelecida, descumprindo este Regimento, ou ultrapassando o prazo regimental de oratória;

XXII. Convidar qualquer Vereador a se retirar do Plenário quando perturbar a ordem;

XXIII. Deferir a retirada de proposições ou qualquer outro expediente da pauta do dia, a requerimento de interessado legitimado, nos termos desse Regimento;

XXIV. Despachar requerimentos;

XXV. Determinar o arquivamento ao desarquivamento de proposições, após consulta à Mesa Diretora;

XXVI. Convidar o relator ou membro de Comissão para esclarecer sobre a matéria objeto de parecer;

XXVII. Tomar conhecimento das matérias pertinentes à Câmara a serem divulgadas por Vereadores, assessores, servidores ou contratados pela Casa;

XXVIII. Dar posse aos Vereadores e aos suplentes, bem como ao Prefeito e ao Vice-Prefeito, nos termos regimentais;

XXIX. Atender requerimento de Vereador sobre informações solicitadas, após aprovação do Plenário;

XXX. Dar acesso aos documentos de receita e despesa da Câmara;

XXXI. Assinar correspondências de sua competência e em nome da Câmara;

XXXII. Ordenar as despesas da Câmara Municipal, assinar cheques nominais ou ordens de pagamento, juntamente com o Coordenador Financeiro ou Tesoureiro;

XXXIII. Colocar à disposição do Plenário, até o dia 30 de cada mês subsequente, o balancete relativo aos recursos recebidos e às despesas realizadas no mês anterior;

XXXIV. Proceder a devolução, à Tesouraria da Prefeitura Municipal, do saldo de Caixa existente na Câmara, ao final de cada exercício;

XXXV. Requisitar o policiamento para assegurar a ordem no recinto das sessões;

XXXVI. Apresentar à Câmara, na última sessão do ano legislativo, uma sinopse dos trabalhos realizados naquele ano.

tv CÂMARA


03.08 | Papo de Mulher: como identificar e denunciar a violência obstétrica. – 03 de Agosto 2022
Assista também a TV Câmara ao vivo pelo celular através do YouTube