Ir para o conteúdo Ir para a navegação principal Pular para o rodapé

Vereadores participam de inauguração de complexo BASF em Camaçari

Um complexo de produção em escala mundial de ácido acrílico, acrilato de butila e polímeros superabsorventes (SAP) foi inaugurado pela BASF, nesta sexta-feira (19/06) em Camaçari. As substâncias são utilizadas na fabricação de produtos de higiene, fraldas descartáveis, absorventes, tintas, dentre outros. 

Para operação, as três unidades produtivas criaram 230 empregos diretos e 600 indiretos na região. O complexo tem capacidade de produção de 160 mil toneladas de ácido acrílico por ano. Este é o maior aporte da história da BASF em mais de 100 anos na América do Sul, com um investimento de mais de € 500 milhões.

Para o presidente da Câmara de Camaçari, vereador Marcelino (PT), o funcionamento das fábricas garante que mais trabalhadores de Camaçari possam estar inseridos no mercado de trabalho. “Temos abraçado uma luta dos nossos trabalhadores que é a de garantir que a maior parte destas vagas seja ocupada por nossos operários. Este é um investimento bilionário e, além de comemorar a sua chegada, temos que seguir fazendo o nosso papel de garantir que os nossos munícipes sejam beneficiados”, declarou.

O evento contou com a participação da presidenta Dilma Rousseff, do governador da Bahia, Rui Costa, de diretores e funcionários da BASF e outras autoridades políticas. A vereadora de Camaçari, Professora Patrícia (PT) também prestigiou o evento. 

Para a presidenta, a implantação do complexo é um marco para o país. “Passamos de importador para exportador destes produtos. A relevância deste projeto vai além de números, porque aqui serão produzidos materiais que irão melhorar a qualidade de vida de brasileiro, além de gerar emprego e renda para a região”, explicou.

A BASF espera que o investimento traga um impacto positivo à balança comercial do país, de cerca de US$ 300 milhões por ano, sendo US$ 200 milhões por meio da redução das importações e US$ 100 milhões em função da criação de exportações.

“Este complexo vai garantir o abastecimento nacional e regional de produtos que atualmente são importados”, diz Ralph Schweens, Presidente da BASF na América do Sul. “Além disso, ele vai impactar positivamente a economia local, incentivando o investimento e a inovação na região, e atrair novas empresas para o polo industrial de Camaçari”, acrescentou.